21 de out de 2007

Palavras de Asas


Eu quero palavras
que rasguem a alma
eu quero palavras que
andem, que corram
que enfeitem os muros
que me capturem
e sequestrem meu folego
Eu palavras com perfumes
que revelem sabores e cores
eu as quero poemas de amores
e as quero falando verdades
com rimas, sem rimas
libertando vaidades
revirando vontades
desvelando as tardes...
eu as quero faladas,
livres, cantadas,
em livros e contos
em prosa e poesia
revelando magias
Eu quero palavras
que formem poemas
que virem a mesa
Eu quero palavras de asas
que abram janelas
pois sabem voar!