21 de set de 2009

Crepusculo

cenas do filme; Paris eu te amo (imperdivel)
Venha aqui ser da noite,
desce da sua carruagem,
senta do meu lado,
a vida é só passagem,
trago de dentro a capacidade de amar
solta minha jugular devagar,
senta aqui do meu lado,
recolhe suas presas,
descansa no aconchego do meu abraço,
recolha suas asas,
recosta-se relaxa ,
vem sonhar um pouco,
com a humanidade que voce perdeu
liberta-se dos castelos e caixões,
do dinheiro e das paixões
olha o sol nascendo dentro
que um dia será libertação

4 de set de 2009

Velhos conflitos -Wellington Felix



Eu me narciso em voce
voce se narcisa em mim...


eu odeio meu pior em voce
voce odeia o seu pior em mim

nós em nos