10 de out de 2007

Onda - Laerte Fernandes

"Vem como a onda
Suavizando o vazio
Tento agarrar
Volta pro mar
Por que passeia em mim
Trazendo agua e sal
Senâo por crueldade
Lembrando teu gosto
A cada lagrima lambida
Lua cheia, maré alta
Te traz próxima
Tento segurar
Lua vai, maré baixa
Corro atraz
Esforço perdido
Sinto o salgado
Que escorre do rosto
Que escorre do olho
Agora entendi, pode vir
Vem me amar
E quando quiser
Volta pro mar
Essa liberdade concedida
Disfarça meu choro em riso "

Autoria do grande poeta e amigo:

Laerte Fernandes

orkut:

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=7781821598203114688