12 de abr de 2010

O azul escuro a lembrança e o nada. (lunbre breu and blues) Dedicado a Josiane Maya

Entre o azul escuro e o amanhecer
Entre encarnações um encontro,
não esqueço um estremescer
em meus braços seu ser,
seu choro compulsivo são lembranças
se desprendendo do medo e da esperança
mas ela se nega e foge...
 ela se vai, devagar, sem reconhecer ,
e se vai de mim e de sí mesma
Entre Manaus e São Paulo
uma semana
Antes do amanhecer seu avião saia com o sol
as nuvens escuresceram....
ela se esvai na lembrança,
antes mesmo do amor,
 entre a luz e o breu
Ela se foi

2 comentários:

TH Macedo disse...

muito bom seu blog
convido vc a dar uma conferida no meu humilde blogsinho
www.thmemo.blogspot.com

grande abraço

Anônimo disse...

This will astonish you!
Please see before you judge!

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

Importante please pass forward